PLATAFORMA DIVERSIDADE NA LIDERANÇA

29 e 30 de Novembro de 2017 - Villa Blue Tree - SP

Voltar para Notícias Exclusivas

Artigo:

A importância da competência comunicativa nos cargos de liderança

O conhecimento tornou-se o maior valor que uma organização pode ter. Com o avanço da tecnologia, as mudanças passaram a ser mais rápidas e constantes, e uma boa comunicação passou a ser essencial para as organizações, como instrumento imprescindível para as soluções mais ágeis.

A comunicação está presente em todos os nossos dias e é uma das principais competências também nas corporações. Atualmente, as formas de se comunicar são diversas. Pode ser mais frequente por telefone, internet, celular ou pessoalmente. Independente do formato, dominar as habilidades básicas da comunicação é fundamental para obter sucesso na carreira e conseguir uma ascensão de cargo.

A competência comunicativa é muito valorizada pelas organizações. Agregada às suas habilidades, ela pode funcionar como uma alavanca para sua carreira e te ajudar a chegar a um cargo de liderança.

Para os líderes, a competência comunicativa também é de extrema importância. Ela é capaz de melhorar a interlocução, as relações interpessoais e o processo de liderança com uma comunicação mais clara, eficiente e precisa. Com certeza muitos líderes terão mais sucesso em reuniões, negociações, palestras e networking.

No âmbito feminino, as mulheres precisam desenvolver habilidades em comunicação para se destacarem no mercado e conseguirem mais possibilidades de alcançarem altos cargos dentro das empresas.

Por elas possuírem diferentes características com relação aos homens, quando uma mulher está em um posto de liderança, muitas vezes ela é vista como autoritária ou mandona. A falta de competência comunicativa pode fazer com que as líderes se expressem de maneira errada, por isso o saber se comunicar é fundamental para que as mulheres revertam essa situação e sejam vistas como líderes. 

Uma campanha da fundação Lean In, que apoia o Fórum Mulheres em Destaque, fala sobre como as mulheres são vistas e reconhecidas quando assumem uma função e atitude de líder dentro das empresas. Assista ao vídeo: “I'm not bossy. I'm the boss.” (Eu não sou mandona. Eu sou a chefe.)

A forma de se comunicar é muito importante para determinar como a líder será vista pelos colaboradores. Como vimos no vídeo, as mulheres não gostam de ser chamadas de mandonas, mas as suas atitudes podem contribuir para a mudança nessa denominação.

No infográfico "The Difference Between a Boss and a Leader” veja algumas atitudes que você tem que tomar e outras que deve evitar para manter sua postura de líder e não ser chamada de mandona.

 A Competência Comunicativa será um dos temas abordados no 5° Fórum Mulheres em Destaque, que acontece nos dia 25 e 26 de novembro deste ano, no Fecomércio, em São Paulo.

Voltar para Notícias

Promoção e Organização
CKZ Diversidade
Telefone: 11 2387-0111 - 2389-1161
Av. Brigadeiro Luiz Antônio 2504 Cj 71
Edifício London - Jardim Paulista
São Paulo - SP – 01402-000
Empresa Parceira
Atento Cargill Ingersoll Rand Monsanto TE Connectivity Tozzini Freire White Martins Cooperação
ONU Mulheres HeForShe

A CKZ Eventos é proprietária do Fórum Mulheres em Destaque e do Fórum Gestão da Diversidade e Inclusão e detém todos os direitos da marca.
CKZ Eventos - Av. Brigadeiro Luiz Antonio 2504 Cj 71 - Edifício London - São Paulo - SP - CEP 01402-000 – Tel.: (11) 2389 -1161 | 2387- 0111

Área restrita
Desenvolvido por Badah Comunicação Integrada
FECHAR